Escrito em por

BNDES

BNDES

Ainda que algumas linhas específicas do BNDES tenham sido reduzidas ou suspensas recentemente, os financiamentos de máquinas e equipamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social​ devem sempre ser a primeira opção do empresário. Os grandes diferenciais destas linhas são o prazo adequado para que o investimento seja pago e as taxas, no geral, subsidiadas.

Linhas como capital de giro, muitas vezes são indicadas como mais fáceis e como primeira alternativa pelos bancos, especialmente por aqueles que têm grandes redes de agências e tem maior facilidade para captar recursos. Porém, os custos e prazos destas linhas geralmente não são os mais adequados para quem está fazendo um investimento.

Alguns bancos pequenos e médios, com menor rede de agências, e consequentemente maiores custos e dificuldades na captação de recursos, especializaram-se em repassar recursos indiretos do BNDES, pois ganham a margem do repasse, sem precisar levantar um financiamento para operar. Estes bancos podem ser uma boa opção.

Além disso, observamos uma forte presença de bancos de montadoras de veículos ou implementos. Neste caso, desembolsar grandes volumes fomenta a atividade principal destas empresas. Se a intenção é investir nesses tipos de bens, procure bancos como esses, ligados ao próprio fornecedor.

Visando apoiar as decisões dos empresários e profissionais dos departamentos financeiros das empresas, listamos, de maneira decrescente, quais os bancos que mais repassam recursos junto ao BNDES, proporcionalmente às suas carteiras de empréstimos para pessoas jurídicas. Os dados são de junho desse ano. Vejamos o resultado:

tabela

Fonte de dados: www.bcb.gov.br e www.bndes.gov.br

Precisa bater o valor das parcelas e saldo devedor de operações com o BNDES?

Baixe nosso eBook grátis e tenha acesso a um rico material sobre como calcular e contabilizar operações de BNDES